História do Comunismo

O mais famoso fato histórico ligado ao comunismo é a Revolução Russa de 1917 que depôs o czar russo e resultou no estabelecimento do poder soviético sob o controle do partido bolchevique. Conseqüência disto foi a criação, em 1921, da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), que englobava 15 repúblicas nas regiões vizinhas à Rússia e durou até 1991.

Outro fato histórico que pode ser associado ao comunismo foi a queda do muro de Berlim, em 1989, que dividia a cidade em uma parte socialista e uma parte capitalista. A destruição do muro foi um símbolo mundial do fim do período da Guerra Fria, onde a URSS e os Estados Unidos se desafiavam silenciosamente através de disputas estratégicas e conflitos indiretos por um maior domínio político, econômico e ideológico de cada potência.


A Revolução Comunista Chinesa também deve ser lembrada, pois, liderada por Mao Tsé Tung em 1949, instaurou um governo comunista na China. O país passou a abrir suas portas para a economia mundial gradualmente após a morte de Mao, em 1976.

Por fim, a Revolução Cubana é também um fato histórico ligado ao comunismo. Liderada por Fidel Castro, Camilo Cienfuegos e Ernesto “Che” Guevara, em 1959, a revolução pôs fim ao governo vigente e deu início a uma nova fase governamental do país que acabou se aproximando da URSS e tomando diretrizes anti-capitalistas.

Mais sobre Karl Marx
Comunismo e Socialismo
O que é Marxismo