Comunismo e Socialismo: Diferenças e Semelhanças

De acordo com a teoria marxista, a diferença básica entre o socialismo e o comunismo é a de que o primeiro é uma fase pela qual a sociedade tem que passar para chegar ao segundo.

No socialismo, a sociedade controlaria a produção e distribuição dos bens em um sistema que prezasse a igualdade e a cooperação. Seria uma fase na qual ainda existiria um Estado que ajudaria a controlar esse novo sistema, sempre visando a sua evolução para atingir o comunismo. Neste último, as propriedades privadas deixariam de existir bem como as classes sociais e o Estado. Os trabalhadores seriam, portanto, os proprietários de seu trabalho e dos bens de produção – como propõe Marx em sua citação “de cada um segundo as suas capacidades, a cada um segundo as suas necessidades”.

Portanto, o comunismo pode ser encarado como um sistema de organização da sociedade oposto ao capitalismo e que viria a substituí-lo depois que esta passasse pela “fase de transição” entre eles, o socialismo.

Existem também diferentes correntes dentro do próprio socialismo, com o socialismo utópico e o científico. O utópico surgiu primeiro e alguns de seus pensadores foram Charles Fourier e Proudhon. Era um movimento de crítica social e luta política que propôs um novo modelo de sociedade “ideal”. Em contraposição a ele, anos mais tarde, surgiu o socialismo científico formulado por Marx e Engels que faziam uma profunda análise e crítica das sociedades ao longo da história e puderam propor algo mais real, científico, em contrapartida aos modelos ideais e “românticos” dos socialistas utópicos.

Mais sobre Karl Marx
História do Comunismo
O que é Marxismo